Páginas

domingo, 27 de março de 2011

Noites de Tormenta: frases e reflexões como aperitivos de um romance!

Encerro aqui mais um livro de Nicholas Sparks: Noites de Tormenta. E ainda tenho a sensação de que Querido John é o melhor, embora seja apaixonada por todas as histórias.

Confesso que meu ritmo de leitura deu uma caída, devido à volta às aulas e ao fim do verão, já que minha atividade predileta era me deitar ao sol no clube e viajar em minhas leituras... Além disso, tenho agora o filtro dos sonhos que me faz dormir muito bem, então não me estendo muito em minhas leituras pela madrugada.

É triste que o livro é mais fino que os outros, então já começamos o livro com medo de terminá-lo rapidamente, pois sabemos que a despedida virá rapidamente... E hoje se despedem Adrienne e seu pai, Amanda, Paul, Jack, Mack, a até mesmo Robert. 

- De Adrienne fica a sabedoria, a compreensão, a força, a esperança, a serenidade de uma mulher, o amor contido, vivido, amado, sofrido, marcado....
- De Amanda a separação inevitável e injusta que sofreu e sua superação lenta. 

- De Paul o romantismo, a verdade, até mesmo o sorriso. 

- De Jack fica a imagem que temos de homens que passaram por nossas vidas e nos fizeram sofrer, que fizeram suas escolhas, sem que fôssemos as escolhidas. 

- De Mack o jeito duro e difícil, a capacidade de perdoar, a coragem de enfrentar as situações e de seguir em frente.

- Do pai de Adrienne a luta pela vida, o significado de um silêncio, o companheirismo, o amor sem medidas.

- E de Robert, que é apenas uma passagem, fica a história de um amor sincero, intenso, uma revolta, a busca por uma resposta que ninguém pode dar, e a falta de aceitação diante de certas circunstâncias.

Reflexões sobre o Livro...

O livro nos faz pensar no amor, nas vezes em que achamos que estamos com uma pessoa e que essa história será para sempre, seja ela feliz ou não. São típicas situações em que acreditamos no amor, perdemos o chão e vivemos aquilo de tal forma que temos o sentimento como algo certo. Mas, acabamos nos esquecendo que sentimentos não são certos, não podemos prometer amor, porque não somos capazes de cumprir promessas desse tipo. 

Minha metade racional concorda com esse trecho que eu mesma escrevi. Porém, outra metade de mim acredita em juras de amor eterno, na famosa frase "Viveram felizes para sempre". Afinal, que mulher não sonha com essa felicidade plena?!


Desse modo, Adrienne vive um casamento que se acaba. Ela aceita o fim, passa por situações complicadas típicas de uma cidade pequena e se mostra como uma mulher forte, poderosa e guerreira. Em nenhum momento, é passada a imagem de uma mulher fracassada. Ela sofre sim, como toda mulher sente quando algo certo é rompido. Mas ela segue em frente, ela tem os olhos voltados ao mar, ao céu, e isso permite que ela encontre um novo homem em sua vida e, em poucos dias, ela vive um amor tão intenso e duradouro que é capaz de permanecer em sua vida, deixando seu ex-marido em algum lugar esquecido de seu corpo.
Isso mostra que é possível amar mais a tal ponto que não se pode amar além. Não importa quanto tempo tenha durado esse amor, mas para valer a pena cada segundo por toda uma vida, tem que ter sido mágico e tão especial.

Muitas pessoas já devem ter passado por algo semelhante. Quando você ama tanto alguém que acredita que não será capaz de amar mais como essa vez. Mas eis que um novo amor surge e você ama mais. Isso vai ocorrendo até chegar o momento em que você encontra O CARA ou A MULHER da sua vida, quando é possível sentir que o amor é tão grandioso que é capaz de durar além de muitas vidas.

Há pessoas que irão ler o livro e sentir inveja do amor que Adrienne vive, outros pensarão nos amores que têm ou tiveram na vida, e há ainda aqueles que não compreenderão por não terem saboreado nenhuma experiência desse tipo, mesmo que tenham vivido várias nomeadas amor.

Aqui vão algumas frases selecionadas. Muitas podem significar apenas para mim, mas espero que saboreeim como um aperitivo desse romance!

"(...) o amor era a essência de uma vida plena e maravilhosa."

"(...) não havia nada para tornar as lembranças ainda mais românticas do que já eram."

"Sei que minha jornada ainda não chegou ao fim, e que a vida é um caminho sinuoso, mas só posso esperar que ela dê uma volta em direção ao lugar a que pertenço."

"Durante o pouco tempo que passamos juntos, tivemos o que a maioria das pessoas apenas sonha."

"Sei que pode (mudar). E deveria. Mas deveria fazer isso porque quer, não porque acha que eu quero."

"Passara toda sua vida correndo de alguma coisa, não em direção a alguma coisa, e, no seu coração, ele sabia, tudo tinha sido em vão."

"Não importava se eu tinha ido bem ou mal no que quer que fosse, não importava se eu estava triste ou alegre, meu pai sempre me abraçava e dizia 'estou orgulhoso de você'"

"A corrida nunca fora apenas um exercício, pelo contrário, era uma forma de meditação, uma das poucas ocasiões em que podia ficar sozinho." (O Chico ia gostar dessa)

"O tempo passado ali parecia um sonho, e embora os sonhos fossem agradáveis, ela lembrou a si mesma que eram apenas isso e nada mais."

"Mas a culpa não é apenas sua, você sabe. É preciso dois lutadores para que haja uma luta."

"Saber que ele a amava, por mais maravilhoso que fosse, não era tudo."

"Quanto maior o amor, maior a tragédia  quando acaba. Esses dois elementos sempre andam juntos. Para todo mundo. O máximo que podemos esperar da vida é que demore muito, mas muito mesmo para acontecer" (Essa doeu).

"Suas vidas estavam seguindo caminhos diferentes devido às responsabilidades que tinha em relação a outras pessoas, e de repente isso pareceu tremendamente injusto. Como é que a possibilidade de serem felizes havia chegado nesse ponto?"
"Jovens e velhos, homens e mulheres, quase todas as pessoas que ela conhecia queriam as mesmas coisas: queriam sentir paz em seus corações, queriam uma vida sem sobressaltos, queriam ser felizes. A diferença era que a maioria dos jovens pensava que essas coisas estavam em algum lugar do futuro, enquanto quase todas as pessoas mais velhas acreditavam que essas coisas haviam ficado no passado."

"A separação não seria mais fácil se ficasse mais um dia(...)"

"Eu te amo agora pelo que já compartilhamos, e te amo agora esperando por tudo o que virá."

"Ele não tinha sido seu marido ou noivo; se o chamasse de namorado iria parecer que tivera um delírio adolescente; amante representava apenas uma parte do que haviam compartilhado. Ele era a única pessoa de sua vida que parecia desafiar qualquer descrição, e se perguntou quantas pessoas poderiam dizer a mesma coisa a respeito de algém em suas vidas" (Para refletir)

"-Mas você conseguiu.
- Não, eu sobrevivi "

"Você é mais forte do que pensa, mas só se quiser ser. Você ainda vai chorar, ainda vai ter momentos em que vai achar que não consegue continuar. Mas você tem que agir como se fosse conseguir."

10 comentários:

  1. Seu blog é muito interessante. Gostei muito. Querido John também é um dos meus livros preferidos mas até agora não encontrei nenhum que superace A Cabana( William P. Young.
    Parabêns pelo blog. E Feliz Ano Novo.

    ResponderExcluir
  2. Cada comentário que aparece eu fico muito feliz, ainda mais quando está relacionado a alguém que compartilha desse gosto pela leitura! A Cabana é um livro fantástico, mas para mim o top acredito que seja A menina que roubava livros.
    Obrigada pelo recado!
    Bjsss

    ResponderExcluir
  3. A Menina que roubava livros é incrível. Esta entre os meus prediletos. Percebo a semelhança no gosto literário. E por isso deixo uma dica. Se não já tiver lido leia Orgulho e Preconceito da fantástica Jane Austin. É ótimo acredito que você vai gostar!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo demais! Acredito que seja o meu favorito também o livro A menina que roubava livros!
      Obrigada pela dica! Assim que fizer a leitura, faço uma postagem! Já ouvi falar na faculdade, tinha uma professora que era fã de Jane Austin,acho que até assisti ao filme... Mas não me lembro ao certo...

      Excluir
  4. gostei das frases que você selecionou *-*

    ResponderExcluir
  5. É uma das partes que eu mais gosto de fazer nas postagens! Ficam eternizadas aqui...

    ResponderExcluir
  6. Amei seus comentarios, estou lendo e estou amando mais que assistir ao filme, mas ate agora nenhum superou O Casamento.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para mim também, O Casamento é um livro fantástico!! Recomendo a todos. É um livro que nos mostra onde pequenas falhas que qualquer um pode cometer pode se transformar em grandes erros em um futuro bem próximo, mas que qualquer pessoa com um sentimento puro e verdadeiro pode concertar... Porquê o amor não está resumido em três palavrinhas ditas antes de dormir, o amor é sustentado pela ação, pela constante dedicação às coisas que um faz pelo outro diariamente.

      Excluir
    2. Gosto também, mas os melhores para mim são Querido John, O melhor de mim, Porto Seguro. No entanto, acredito que vale a pena ler todos de Nicholas Sparks!

      Excluir
  7. Que bom que gostou dos meus comentário. Leio o livro e depois vejo o filme para comparar. O livro sempre é melhor, porque temos tempo, convivemos, é outro tipo de relacionamento... Mas também valorizo o filme porque não é nada fácil transformar tantas páginas de uma história em poucas horinhas...

    Quanto ao livro "O Casamento" eu não acho o melhor, mas cada um aparece em um momento em nossa vida e significa de uma forma diferente para cada leitor!

    Seja bem-vinda ao blog e comente sempre que desejar!

    ResponderExcluir