Páginas

quarta-feira, 30 de março de 2011

Monte Sião, minha homenagem hoje é a você!

Como fiz uma homenagem a Águas de Lindóia e a Campinas nos dias em que fizeram aniversário, hoje me sinto no dever de realizar uma para Monte Sião. 
Em primeiro lugar, foi a cidade onde nasci, fato esse que muitos desconhecem. Além disso é também a cidade de origem do meu cachorro lindo Cap, o qual ganhei de presente. Mineirinho igual a mãe hahaha.

Outro motivo que me faz escrever, que é o maior deles, é que ao passo que Águas de Lindóia me viu crescer, Campinas me formou, Monte Sião foi minha oportunidade, minha porta aberta, aquela que me recebeu como profissional. É naquela cidade que tenho feito meu nome, minha carreira, meus colegas de trabalho. Foi lá que tive meus primeiros alunos, que pensei em desistir diante da dificuldade, que me coloquei, apesar de nova, como alguém capacitada. Monte Sião me deu a chance, acreditou em minha palavra e me acolheu. 

Tenho certeza que tenho retribuído da melhor forma, seja lançando sorrisos, deixando minha marca, seja ouvindo, ensinando, aprendendo, compartilhando meus pensamentos, minhas ideias, reconhecendo o talento de cada um, compreendendo as dificuldades e ajudando a superá-las...

Por meio dos alunos me fiz mais humana e mais compreensiva; fiz parte da vida deles enquanto eles faziam minha história. 

Pelos colegas de trabalho ganhei respeito, reconhecimento e aprendi a admirar, a compartilhar. 

Pelas pessoas reconheci minha origem, como se visse nelas minha essência: o jeito simples de viver, conviver e amar...

 Pelos lugares, encontrei cantos e encantos, andei pelas ruas, me perdi por elas, mas também dominei bairros. Cai em buracos, passei voando, em outras apenas cantando e feliz. Sentei para tomar um sorvete, comer um suspiro ou um biscoito. Mas também me fiz de turista, entrei em todas lojas, admirei a boa malha, vi espetáculos, ouvi o sino, escutei músicas repetidas vezes, formulei em conjunto um poema...

O sino toca, mas em Monte Sião a gente perde a hora, perde a cabeça, perde os sentidos e também os encontra. Monte Sião é Minhas Gerais, é comida boa, pão de queijo,povo caloroso e fervoroso, é exemplo de fé, mas também de luxo e curtição. Monte Sião é terra do chapéu, de homem de honra e respeito, gente feito de palavra e cumprimento....

Monte Sião é cidade que não dorme, trabalha. Não passeia, viaja. E se lá não tem mar, tem bar, tem poesia, e o mar a gente encontra. Já dizia um poema: 

                       "O Mar de Minas não é no mar
                        O Mar de Minas é no céu
                        Pro mundo olhar para cima e navegar
                        Sem nunca ter um porto aonde chegar..... 

Monte Sião tem hino, que eu adoro por sinal e sei decor. E sabe o que significa a expressão de cor? De coração.

"Monte Sião, Monte Sião, Monte Sião
Que estribilho encantador
Monte Sião, Monte Sião, Monte Sião
Nosso respeito e amor..."

Portanto, deixo aqui minha homenagem a essa cidade tão especial. Se Águas de Lindóia  é meu amor, Campinas é minha paixão, Monte Sião é a cidade que, por vários motivos, ganhou meu coração.

E hoje, no dia em que essa cidade está em comemoração, estive presente pelas ruas, vi meus alunos receberem medalhas pelos Jogos Escolares, e queria dizer que estava ali por eles e, mais do que isso, que juntos ali, naquela praça, ao som da banda, debaixo de um sol maravilhoso, e de um céu infinitamente azul estávamos dando vida, luz e movimento a essa cidade que nos aconchega em seus braços todos os dias e pela madrugada afora...



6 comentários:

  1. adorei o texto, representa exatamente esta cidade maravilhosa, que é a minha cidade, embora tenha nascido em Aguas de lindóia...hahaha, irônico, não?
    Parabéns a você, mais uma vez arrasou em suas palavras e honestidade...
    Que este dom continue sempre te acompanhando!
    Bjus

    ResponderExcluir
  2. Não sabia que você tinha nascido aqui... Informação nova! Eu nasci, mas fui registrada aqui em Águas também.
    Que bom que gostou do texto...achei que poderia gostar por se tratar da cidade...
    Bjão e obrigada pelas palavras!

    ResponderExcluir
  3. Nossa!!
    Todo ano, na época que começa o firo, eu levo minha sogra e esposa pra fazer compras em Sião.
    Eu vou mesmo pelo passeio, pelo prazer de tomar um café da manhã com um café e pão de queijo tipicamente mineiro.
    Amo. A gente sai de Osasco umas 04:00 e chega umas 07:30.
    Que viagem deliciosa.
    Este ano mesmo a gente vai na quinta (21).
    Depois a gente desce prá Jacutinga onde nos hospedamos no Filhos de Gandhi.
    Minha osgra vai porque ela vende malhas.
    Eu, pelo passeio...
    Beijão..
    Ricardo Marchini

    ResponderExcluir
  4. Gosto de observar que meu blog acaba sendo acessado por pessoas que nem imagino, que perdem ou ganham um tempo com minha postagem!
    Monte Sião é mesmo uma cidade muito gostosa e vale a pena visitar sempre que puder!
    Espero que aproveite o passeio, Ricardo Marchini!
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Parabéns não somente para Monte Sião mas para você também amiga, pelo lindo texto!
    Como dizem, "Minas é um mundo, o mundo da gente". E Monte Sião é o microcosmo onde somos expressão do universo.

    Beijos,

    Fabio e Rita.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fábio e Rita, sejam bem-vindos ao blog. Esse texto escrevi faz um tempo, mas ele será sempre verdadeiro. Estou com outro dentro de mim, fruto da palestra poética de vocês.. Qualquer hora vou escrever.
      Adorei essa: Minas é um mundo, o mundo da gente." Obrigada pelo carinho sempre! Bjs

      Excluir